Rockstars Exposed Rockstars Exposed

The Moment After The Show é um projeto do fotógrafo suiço Matthias Willi e do jornalista Olivier Joliat. A idéia é capturar os momentos adrenalizados do backstage de estrelas do rock, logo após suas apresentações.

O livro é um registro fascinante, de mais de 100 bandas em 144 páginas de fotografias, que buscam representar o impacto físico e emocional do artista, logo após o término dos shows.

Vejam abaixo:

Joey Castillo and Josh Homme (Queens of the Stone Age)

Iggy Pop

Gnarls Barkley – Danger Mouse and Cee-Lo Gre

Mike Patton (Fantoma/Faith No MOre)

Jesse Hughes (Eagles of Death Metal)

Chino Moreno (Deftones)

Robert Trujillo (Metallica)

Els Pynoo (Vive La Fête)

Juliette Lewis (The Licks)

O livro pode ser encomendado aqui.

Sobre A Vida Que Passa Sobre A Vida Que Passa

¿Qué haría yo sin lo absurdo y lo fugaz?
(Frida Kahlo)

Foto de Charles Bergquist

Robert And Shana Parkeharrinson- A Realidade Da Fantasia Robert And Shana Parkeharrinson- A Realidade Da Fantasia

As fotografias dos arquitetos Robert e Shana Parkison, retratam o ser humano em paisagens marcadas por cicatrizes da tecnologia e da superexploração.

Essas obras apresentam uma narrativa ambígua, que oferece uma visão sobre o dilema da promessa, que não se concretizou, de que a ciência e a tecnologia pudessem corrigir nossos problemas, fornecer esclarecimentos e oportunizar a certeza de pertencencimento à condição humana. Cenas estranhas de forças de hibridização, elementos de uma superabundância que “sangra” ao desvelar uma natureza corrompida pela tecnologia e pela mão humana.

“Las fotografías de los ParkeHarrison nos hacen mirar mucho más allá del horizonte, quitándonos todo miedo a qué podamos encontrar del otro lado de lo desconocido”.

Mais no PinkPunkPop’sBlog.

A Fotografia De Alexandra Valenti A Fotografia De Alexandra Valenti

A fotógrafa americana Alexandra Valenti faz interferências em suas fotos PB com a técnica de aquarela, introduzindo elementos gráficos e cores vibrantes.

Suas imagens tem algo de psicodelia; criam uma lisergia visual deliciosa.

Mais sobre Alexandra no seu portfolio online .

O cotidiano se torna arte O cotidiano se torna arte



Théo Gosseling decodifica as partituras emocionais do cotidiano em suas imagens. ♥

Apenas seu mundo e sua câmara, em tons e texturas incríveis.

Via Fubiz

A arte da fotografia como experiência humana A arte da fotografia como experiência humana

Os registros fotográficos de Marcelo Quinan me reportam a uma experiência, em que estar diante da imagem é confrontar o “destino poético do homem em cada uma das suas fotografias”. Ou seja, é um chamamento da subjetividade pra dentro da interpretação.

Marcelo é um cara que compõe sua obra respaldado por uma busca constante de conhecimento técnico e teórico. Fizemos juntos um curso de extensão em Filosofia da Fotografia: ele como artista, e eu como uma aluna curiosa sobre o tema.

Level of Ambiguity é o seu novo projeto, que vem se constituindo por meio de drops diários de sensibilidade e capacidade artística, e que semana passada foi adicionado ao Lensblr, uma comunidade de fotógrafos muito bacana do Tumblr.

Vejam tudo em: http://levelofambiguity.tumblr.com/

O Novo Projeto do The Kills O Novo Projeto do The Kills

Dream & Drive é o livro de fotografias que o The Kills publicará no próximo dia 16 de agosto para celebrar seus 10 anos de carreira. O fotógrafo Kenneth Capello acompanhou a dupla durante esta trajetória, fazendo uma compilação de imagens, que resultou em 600 rolos de filme e mais de 20.000 fotos.

Leia, abaixo, o prefácio do livro redigido por Alison Mosshart, vocalista do The Kills.

These are photos of locomotion. Silent visions of things turned up past their load. The tremble of the nightclub, the dive of backstage temporaries, electricity flung like paint through space, the FACE, the posture, the vehicle that hounds the road, sweats… These photos make me remember everything.

Como não se lembrar de The Last Goodbye! ♥

Para reservar a cópia do livro é só clicar aqui.

Paisagem Humana Paisagem Humana

Imagens como estas atravessam subjetividades, que envolvem o fotógrafo, o receptor, a tecnologia, a época, a estética, e o contexto social. Representam um sem fim de ideias, percepções e emoções. ♥

Mais em http://k-a-t-i-e-.tumblr.com/